Autor

3 de março de 2011

Isto não é de Educação!


"A ministra da Educação, Isabel Alçada, acusou hoje o PSD de ir provocar um acréscimo da despesa em 43 milhões de euros em 2011 e 120 milhões em 2012 caso se concretize a cessação de vigência do decreto-Lei sobre a reorganização curricular."

Confessou o que já toda a gente sabia!

Sem comentários: