Autor

23 de março de 2011

Números...


A diferença é que um teve discernimento e sanidade mental para não se recandidatar!

1 comentário:

Ana disse...

Análise cronológica:

Antes de sermos graduados, lutámos e nas "entrelinhas", fomos muito incomodados!
Se estamos ou estivemos algum dia satisfeitos? FOMOS AFECTADOS!
O País está doente, mas não somos médicos.
O País está "surdo", MAS NÃO SOMOS CEGOS!
Mesmo assim, parece que ainda há MÁGICOS:
Há quem tenha a pretensão de querer transformar a queda em cambalhota, o seu impulso em pretexto, a nossa gargalhada na sua gargalhada...

Sempre "atentamente",

Ana