Autor

29 de abril de 2011

Avaliação...

…dos intervenientes.

Com a verificação da inconstitucionalidade da revogação da ADD é pertinente fazer uma avaliação do sentimento dos principais intervenientes neste processo:
·         Presidente da República: Credibilidade (Havendo a possibilidade de se considerar a revogação inconstitucional, como se verificou, foi preferível o pedido de verificação do Presidente, do que do grupo parlamentar do PS, por duas razões, uma de tempo e outra de credibilidade das instituições);
·         PSD: Incompetência (Foi ludibriado pelo PS no parlamento, alterou o seu projecto e deu nisto!);
·         PS: Vitória (O país não é só de professores e o PS vê e faz com que outros vejam os professores com os mesmos olhos daqueles que nos consideram uns malandros! – Dá votos!);
·         PCP: Vitória (Como sempre! Desde os sindicalistas até ao cerne do partido. Pelo menos assim têm mais adeptos para o seu alimento – a luta);
·         Restantes partidos da oposição: Colheita (Poderão colher mais uns votos com uma de muitas questões que os protagonistas não sabem colher);
·         Professores do quadro: Frustração;
·         Professores contratados: Indiferença (Depois da publicação da Resolução da AR que recomendava que para estes o modelo não seria simplificado!).

De constatar, ainda, que assim se evitou um grande vazio legal.

A injustiça e a inverdade deste modelo de ADD continuam a poder bafejar todos os professores!


P.S. São ressalvadas as devidas excepções.

Sem comentários: