Autor

27 de abril de 2011

Trabalho incompetente dá em hipocrisia - AR recomenda modelo simplificado de avaliação, mas exclui os professores contratatos.

Foram hoje publicadas em DR as seguintes Resoluções:
 
Resolução da Assembleia da República n.º 93/2011
Sobre a aplicação da apreciação intercalar da avaliação do desempenho do pessoal docente e consequente alteração dos mecanismos de avaliação
Resolução da Assembleia da República n.º 94/2011
Princípios a que deve obedecer o novo quadro legal da avaliação e da classificação do desempenho das escolas e dos docentes

Ver aqui

Comentário: Do texto da primeira Resolução temos que: " 1 — Aplique um modelo simplificado que tenha apenas em conta a apreciação intercalar, devendo ser instruída nos termos do despacho n.º 4913 -B/2010, com as devidas adaptações ao ciclo avaliativo em curso, excepto para os docentes contratados e professores que se encontrem em condições de mudança de escalão."
Daqui resulta que mesmo que o Tribunal Constitucional não verifique qualquer inconstitucionalidade e o Presidente da República não vete o diploma, para o actual ano lectivo, os professores contratados e os professores que se encontrem em condições de mudança de escalão, levariam com a ADD tal como esta está regulamentada no DR2/2010 de 23 de Junho. Levariam! Pois não entendo como um DR revogado possa voltar a ser aplicado com base numa Resolução!

Claro que entendo o porquê desta excepção. Até mais! Entendo também que a incompetência, porventura, poderia resultar numa hipócrita injustiça!

2 comentários:

Anónimo disse...

Eu não acredito! O que é isto???????
Então a suspensão da avaliação não tem efeito para os contratados? Expliquem-me como se fosse muito burra, porque não estou a perceber NADAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA...

educar A educação disse...

Comentadora anterior,
Como sabe, infelizmente, ou felizmente, entendeu muito bem! Por um lado, os senhores deputados da oposição aprovaram a revogação do actual modelo da ADD (que está no Tribunal Constitucional) e por outro, com esta resolução, recomendam que esse modelo, que querem ver revogado, continue a ser aplicado aos distintos professores contratados – Privilégios!
Faça como eu e não se preocupe com incompetências. Penso que elas não darão em nada!
Um abraço.