Autor

29 de julho de 2011

Não faz sentido nenhum...


... professores contratados continuarem a ser avaliados todos os anos! 

           Se os professores do quadro serão avaliados aquando da mudança de escalão, os professores contratados que o sejam quando entrarem para a profissão e depois quando entrarem na carreira, ou quanto muito, no período correspondente à plurianuidade das renovações!

        Mesmo depois dos 7 pecados princípios gerais apresentados pelo MEC, continuo com a mesma opinião. Só na parte dos "engarrafamentos avaliativos" é que houve convergência.

      Falta tratar das quotas, que a manterem-se têm que ser reduzidas e muito. Um só Excelente a nível nacional já era demais. Já que não se pode nivelar por cima que se nivele por baixo - Não será mais justo? 

        Falta, também, tratar da eliminação da avaliação anual dos professores contratados, para além do que, agora, for inventado pelo MEC!

Sem comentários: