Autor

31 de agosto de 2011

O concurso continua...


"O Ministério da Educação revelou, esta quarta-feira, que ficaram por preencher mais de três mil horários dos 18.118 solicitados pelas escolas no concurso para professores a contrato, o que revela "alguma ineficiência do sistema".
Em comunicado, o Ministério refere que ficaram "3179 horários não satisfeitos" do concurso para satisfação de necessidades transitórias.
Através do concurso foram contratados 12.747 professores e a tutela recorreu a 2192 professores de carreira para preencher as necessidades das escolas." 
 

Sem comentários: