Autor

5 de dezembro de 2011

Na primeira pessoa.


"Manuela Antunes estava a caminho de uma das escolas espanholas onde dá aulas de Português quando, na terça-feira, lhe foi comunicado telefonicamente que já não teria emprego em Janeiro. Alexandra Sousa, que é professora na Suíça e tem um filho bebé, recebeu o mesmo aviso um dia depois, também por telefone." 

Sem comentários: