Autor

domingo, 24 de julho de 2011

Mobilidade II


"Ministério de Nuno Crato vai retirar cerca de 900 professores das direções-gerais e fazê-los regressar às escolas.
O Ministério da Educação mandou retirar cerca de 900 professores das direções-gerais, fazendo-os regressar ao ensino.
"Cerca de 900 professores  voltam às escolas já no próximo ano letivo", disse Carlos Chagas, do Sindicato Nacional Democrático dos Professores, ao jornal "Correio da Manhã".
Numa reunião com o sindicato, Nuno Crato ter-se-á mostrado disponível para rever o Estatuto do Aluno e da Carreira Docente e o modelo da gestão das escolas.
A tutela espera apresentar na próxima semana os princípios gerais do novo modelo de avaliação dos professores."