Autor

20 de fevereiro de 2012

!?

1 comentário:

Elisabete Ribeiro Pacheco disse...

educar A educação – o que eu percebi do ponto 3 é que a graduação do docente é calculada independentemente se o professor tenha ou não o tempo mínimo para a avaliação. Agora, ele não será avaliado se não tiver os ditos 180 dias! Por consequência não terá o ponto de bonificação do Bom ou MB. Certo? Mau seria se não fosse “contado o tempo de serviço dos docentes em regime de contrato de trabalho a termo resolutivo, ainda que não satisfaça a verificação do requisito do tempo mínimo exigido para a avaliação de desempenho”.

Uma coisa é a contagem do tempo de serviço para a graduação, outra coisa é o tempo mínimo exigido para ser avaliado para poder beneficiar da bonificação. O que está MUITO mal!

Espero ter sido clara. :)