Autor

22 de fevereiro de 2012

Desafio para quantificar os professores com 4 anos de serviço nos últimos 6, sem a obrigatoriedade de ser em horário anual e completo.

O desafio do Arlindo, inspirou-me outro desafio.
O desafio de quantificar os professores que têm 4 anos de serviço nos últimos 6, sem a obrigatoriedade de ser em horário anual e completo (e que frequentam a blogosfera!?).
A ideia surgiu-me a propósito da inclusão na 1ª prioridade, do concurso externo, da condição dos docentes profissionalizados terem 4 anos com horários completos e anuais nos últimos 6 anos imediatamente anteriores ao concurso, não sendo bastante possuir o tempo de serviço, tendo este de ser conseguido em horário anual e completo!!!
Poderá ser uma forma de mostrarmos a verdadeira dimensão do problema criado pela proposta do MEC, para não centrarmos só a questão na inclusão dos professores provenientes do ensino particular e cooperativo com contrato de associação.
Deixem o vosso relato na caixa de comentários deste post de forma a podermos aferir a dimensão do problema e ganharmos expressão. Para um melhor tratamento dos dados coloquem o vosso grupo de recrutamento.



Façamos deste post um ponto de encontro da nossa indignação.

89 comentários:

luiz carvalho disse...

não posso deixar de 'apoiar'... mas sou carta fora 'deste' baralho...!

educar A educação disse...

Luiz,

Também é importante a sua participação. Porque não faz sentido passar o tempo para a 1º prioridade de 1 ano no ensino público para 4 anos, quanto mais em horário anual e completo.

Um abraço.

Anónimo disse...

Grupo 520, seis anos de serviço nos últimos seis e só dois em horário completo e anual. Uma injustiça!

Anónimo disse...

Grupo 400
9 anos de serviço. Nos últimos seis anos só três em horário completo anual.

Anónimo disse...

Grupo 400, 6 anos de serviço nos últimos 6 e apenas dois em horário completo e anual.

Anónimo disse...

Nos últimos 6 anos 4 consecutivos, apenas 2 anuais e completos.

Anónimo disse...

Anónimo das 21:08 acrescenta:

Grupo 510
Nos últimos 6 anos 4 consecutivos, apenas 2 anuais e completos.

Anónimo disse...

Grupo 510, nos últimos 6 anos, 2 incompletos e 4 anuais completos

Anónimo disse...

Grupo 500. Apenas 3 completos em 7 anos...

Lara

Anónimo disse...

em nove anos de trabalho.
1.º ano 15h
2.º 18h depois completaram-me (1completo)
3.º 14h (horário misto impossível completar)
4.º 14h (horário horroroso 2 horas ali outra ali impossível completar)
5.º 14h + 7h
6.º 14 + 10h (mesmo assim não ano completo)
7.º 22h (2.º completo)
8.º 22h (3.º completo)
9.º 22h (mas como entrei a 5 de Setembro não vai contar como completo.

Resumindo em 6 anos tenho 2 completos e outros 3 perto do completo.

Ser professor = azar

Filipe Araújo disse...

Eu, do grupo 230, tenho os 4 anos completos necessários.

A minha esposa, 230, tem 3 anos completos nos últimos 6.

AARS disse...

Grupos 300/330 - colocação nos dois últimos anos, com horário incompleto (14h)

Anónimo disse...

Grupo 400

5 anos a leccionar. 1 com horário completo e anual

Esta proposta de 1ª prioridade é absurda e surreal!!! Mostremos a nossa indignação!!! Reclamem ao MEC!!!

Anónimo disse...

Grupo 110

9 anos de serviço: nos últimos 6anos, tenho 5 completos e um completo mas temporário (q se tornou anual)

Liliana disse...

Há 11 anos como contratada do grupo 550, nos últimos 6 anos, tive a sorte de ficar sempre colocada em agosto e com horário completo.

Anónimo disse...

300/320

4 anos com horário anual completo. contudo, num dos anos fiquei com 16h na lista que, chegando à escola, eram 22h.

Esperemos que alguém recupere a sensatez.

Anónimo disse...

200

nos últimos 6 anos, 6 anos de tempo de serviço, sempre com horário completo :) Felizmente! Vamos lá ver se continua assim...

Anónimo disse...

Grupo 520 - Dou aulas ha 11 anos, tenho quase 8 anos de serviço, e nos últimos 6 anos só tive uma vez horário anual completo. Pela proposta do ME, passo para segunda prioridade....

Paixão disse...

11 anos de serviços, 11 horários completos e anuais, de norte a sul do país.
Grupo 230

Paixão disse...

... serviço... (o "s" foi de pendura)

Anónimo disse...

Grupo 510:

A dar aulas 8 anos...
2 anos completos,
1 com 21h;
todos os outros com menos de 17h....


enfim...

Amândio disse...

Grupo 620 - 5 anos a leccionar, apenas 2 anos com horário completo e anual. Os restantes foram incompletos e/ou substituições.

Anónimo disse...

Grupo 510. A leccionar há mais de 16 anos. Nos últimos 6 anos tive 5 horários anuais e completos e um não anual. Mas isso é contextual e uma questão de sorte. Mesmo estando nos primeiros lugares da lista de ordenação facilmente posso ver-me forçada a aceitar um horário incompleto ou temporário, bastando para tal não ser reconduzida (e no próximo ano com a diminuição de horários muitos não o serão).

AR510

Eli disse...

Olá!

Vi este post e devo dizer que eu e alguns colegas não temos horários anuais, apesar de ter trabalhado todos os anos em vários temporários!

Hulahula disse...

Últimos 6 anos, entre o 110 e o 240:

2005/2005:completo
2006/2007:completo
2007/2008: 9h
2008/2009: 14h
2009/2010: completo
2010/2011: 20h

A estupidez é tanta que nem comentários tenho para o que está a acontecer neste país...

Sara disse...

Grupo 510
nos últimos 6 anos,2 anuais completos e 4 incompletos tipo 2

Rodrigues disse...

Os meus últimos 6 anos distribuiem-se assim, em termos de tempo de serviço:

2005-06 - 094
2006-07 - 220
2007-08 - 365
2008-09 - 365
2009-10 - 323
2010-11 - 338

Rodrigues disse...

Esqueci-me de dizer que ando nesta m*da há 12 anos.

Rodrigues disse...

e queria dizer *distribuem-se*

Milene disse...

Estou no meu 19º ano de serviço. Nos últimos seis, foi assim:

06/07- completo e anual(no 300)
07/08- completo e anual(no 300)
08/09- completo e não anual(no 300)
09/10- completo e não anual(no 910)
10/11- completo e anual(no 910)
11/12- completo e anual(no 910)


Esta proposta não pode passar, é completamente desprezível. Vergonhoso como somos tratados.

Milene disse...

O 05/06 - completo e anual (no 300)

Os anteriores também o foram, se é que isto importa para alguma coisa. Mais uma vez revoltada e cansada de tanto desrespeito

Anónimo disse...

Maria
11 anos de serviço para concurso
últimos 6 anos, apenas 3 completos e anuais.
Antes disso, mix de coisas.
Grupo 230.

TB disse...

Grupo 500. Sim.

Tenho mais de 4 anos de serviço nos últimos 6. Não sei é se serão considerados para 1ª prioridade:
num dos últimos anos fiquei colocada com 18h. Antes do início das atividades letivas completaram-me o horário e foram contabilizados 365 dias de serviço. Será que será contabilizado como completo anual? Se não for, não terei os tais 4 anos em completos anuais.

TB disse...

Grupo 500. Sim.

Tenho mais de 4 anos de serviço nos últimos 6. Não sei é se serão considerados para 1ª prioridade:
num dos últimos anos fiquei colocada com 18h. Antes do início das atividades letivas completaram-me o horário e foram contabilizados 365 dias de serviço. Será que será contabilizado como completo anual? Se não for, não terei os tais 4 anos em completos anuais.

Rodrigues disse...

Há pouco esqueci-me de pôr os meus grupos de recrutamento (300 e 330)

JM disse...

JM

Grupo 430

Há 8 anos a lecionar em escolas píblicas.

Nos últimos 6 apenas um horário completo e não foi anual.,

Violeta disse...

Grupo 400-Horários nos últimos 6 anos (anuais):
-18h
-10h, com mais 8h noutra escola em Janeiro)
-16h, completado em Abril
-18h(completado a 1 de Setembro)
-Completo
-18h( apenas colocada em Novembro)

Tenho mais de 4 anos de serviço nos últimos 6, mas não tenho 4 horários completos e anuais. Não tive a sorte de ser reconduzida...

Anónimo disse...

Concordo com 70% da carta da Elisabete.
Independentemente disso, custa-me verificar que esta carta vem com alguns anos de atraso relativamente a alguns dos aspectos focados- evidentemente este comentário não é dirigido de forma pessoal à sua autora- mas sim a todos que a adoptaram/adoptarem que me parece que tarde acordaram para um mundo da contratação que nunca os tinha afectado até este ano- eram sp colocados nos anuais e completos. De repente não foram. E de repente… foi grande o trambolhão. Digamos que dentro dos contratados existia mais do que 1 universo.
Há dois grandes problemas nesta proposta:
- os 4 em 6
- o intervalo de horários
E é aqui que me parece que o MEC tem a coisa preparada para fazer a negociação.
Da parte dos sindicatos, não vai haver grandes pressões pq os problemas dos Quadros ficam muito resolvidos com a proposta.
Os DACL, por exemplo, ficam bastante bem na fotografia. Os DAR todos os anos é a sorte grande para tantos e tantos. Há anos que não se via um Ministério tão amigo no caso dos Quadros com esta proposta. Estas benesses aos Quadros tb vão reduzir a empregabilidade dos contratados.
Só espero que quem se salvar e conseguir ficar com o horário completo e anual a cada dia 1 de setembro não esqueça que teve a sorte de estar no lugar certo na hora certo num distante dia qualquer há não sei quanto tempo, herdado dos concursos absurdos da nossa MLR- mas na altura ficou tudo calado, não foi..?
Foi, que muitos nem sequer estavam ainda no “sistema”, pelo tempo de serviço que vou lendo em todo o lado. Estavam a entrar e a dar os primeiros passos. Os outros, que já cá andavam há mais tempo, a esses não vi na altura grandes rasgos de revolta com a lotaria perfeita que foram aqueles concursos.E houve o bombom da ADD e aquela coisa de ser para entrar nos quadros e tudo e tudo.

Poucos restarão para contar a história. Sendo que, muitos dos que sobreviverão, nem sequer a viveram por completo. Mas não esquecer portanto que ao ficarem foi mesmo porque estavam no lugar certo na hora certa, quando concorreram, em que uma aplicação cega os colocou não sei onde. E que foi só isso.
Jake

pedro C disse...

olá a todos,
parabéns pela iniciativa!

tenho mais do que 4x365 dias nos últimos 6 anos, mas não são horários anuais completos

Anónimo disse...

Trabalhei durante vários anos como Educadora de Infância numa IPSS e desde 1 de Setembro de 2009 estou num agrupamento de escolas da rede pública.
Ao tomar conhecimento da proposta do MEC sobre os concursos fiquei preocupada e indignada com muitas das alterações sugeridas, passando a enumerar algumas delas :
1º- No artigo 10º , ponto 2, alínea a) fala de 4 anos em escolas públicas ou com contrato de associação para concorrer na 1ª prioridade . E quem esteve , como é o meu caso em IPSS ? Os colegas das IPSS, são privados de segunda categoria.
2º - Por outro lado considero um absurdo o prazo de 4 anos. Muitos de nós em 2009 decidimos aceitar um desafio convencidos que era um projeto de pelo menos 4 anos . Agora voltam a mudar as regras a meio. Esse limite deve ser, como era e é de 2 anos, para permitir a que este a meio deste percurso de 4 anos possa concorrer a na 1ª Prioridade. Apesar de ter visto o meu contrato sempre renovado, vejo-me no último deste conjunto de 4 na perspetiva de passar para a 2ª prioridade, e o contrato poder não ser renovado.
3º - Os colegas do privado, os do contrato de associação, vão poder concorrer ao publico. E nós vamos poder concorrer ao privado ?
4º- Apesar de não ser o meu caso, pois como sou Educadora de Infância o horário é sempre completo, não posso aceitar a indicação “de horário anual e completo “. No momento do concurso os docentes podiam concorrer a horário incompletos e temporários. Não foram avisados, e agora retroativamente são penalizados? Quanto muito essa regra só se aplicaria para o futuro e depois de um prazo em que os professores não fossem penalizados.

Anónimo disse...

Eu completo 19 anos de serviço completos em 31 de Agosto, sou do grupo 430, concorri sempre a nível nacional a horários completos, apesar de cumprir o requisito para a 1ª prioridade estou em total desacordo com a proposta, ninguém sabe o dia de amanhã, além disso é uma autêntico absurdo e uma injustiça exigirem 4 anos com horário completo em seis, a proposta é obviamente para satisfazer as necessidades de determinados professores.

Anónimo disse...

Grupo 110.

Em 6 anos faltam-me 60 dias para ter 4 anos de serviço! Isto é q se chama sorte!

O meu tempo de serviço distribui-se da seguinte maneira (só para terem uma ideia do que é precariedade!

2005/2006- 212
2006/2007- 228
2007/2008- 69
2008/2009- 301
2009/2010- 342
2010/2011-252

Claro que no privado será mais fácil ficar com horários completos e anuais!!! Se era para colocar só o pessoal que está no privado avisavam logo e poupavam-me 6 anos com a casa às costas!!!

Este tempo de serviço foi conseguido em 11 Agrupamentos!!!

Xana110 disse...

Grupo 110. Tenho 2095 dias de serviço. Tenho andado a "tapar buracos" "com a casa às costas" por todo o país. Trabalho desde 2004/2005 e só tenho 2 anos de serviço anuais.

sofprof disse...

Trabalho há 12 anos com horários completos e incompletos, anuais e temporários... enfim típico de quem não teve "cunha" no privado, se sujeitou a tudo, e agora, o MEC vem-lhe dizer que não preenche os requisitos para ingressar nos quadros.
Não me faltam horários completos, não aconteceram nos últimos 6 anos, ou seja 6 anos antes deste concurso, não era professora?
Grupo 200.
1º ano- 18 horas
2º ano- completo
2º ano- completo
3º ano- completo
4º ano- completo
5º ano- completo
6º ano- completo
7º ano- incompleto e temporário
8º ano- completo
9º ano- incompleto e temporário
10º ano- completo
11º ano- completo
12º ano- incompleto(21horas!!!)

Anónimo disse...

Grupo 420, 6 anos de serviço mas nestes anos os horários foram sendo completados com acumulação noutras escolas mas não com a totalidade de 365 dias.

Anónimo disse...

Grupo 110 - últimos 6 anos
4 anos com horário completo e 2 anos com substituições temporárias.

Anónimo disse...

Estou totalmente de acordo com este desafio que deveria passar a proposta ao MEC, até porque muitas vezes somos colocados em horários temporários que acabam por ser anuais mas que não foram a concurso como tal.
Claramente de acordo: 4 anos de serviço completos no total nos 6 anos anteriores ao concurso.
Dou aulas há 9 anos e sou do grupo 110.
Esperemos que este desafio chegue a bom porto.

Anónimo disse...

Trabalho há 12 anos com horários completos e incompletos, anuais e temporários...
Grupo 260.
1º ano- 273 dias
2º ano- 324 dias
3º ano- 365 dias
4º ano- 366 dias
5º ano- 289 dias
6º ano- 365 dias
7º ano- 365 dias
8º ano- 350 dias
9º ano- 365 dias
10º ano- 349+103 dias
11º ano- 365 dias
12º ano- 2011/2012 +/- 300 dias

nunca entrei com horário completo

Anónimo disse...

1º ano a dar matematica (mini-concurso)
2º ano a dar matematica (mini-concurso)
3º, 4º e 5º informática antes do grupo 39.
depois corrida do ensino, o curso nao pertencia à lista
6º completo informatica
7º desempregada
7º imcompleto oferta de escola
8º chamada para o último ano de profissionalização em serviço (ainda tive sorte, pois pagaram-me para fazer a prof.)
9º oferta de escola
10º concurso
11º concurso
e AGORA NÂO SEI

ACHO QUE MORRI NA PRAIA

Anónimo disse...

Grupo 520: Nove anos de trabalho, somente três horários anuais e completos nos ultimos seis anos.

Anónimo disse...

Grupo 300 e 330

1777 dias de serviço nos últimos 6 anos:
este ano, desempregada.
ano anterior, completo e anual, mas com início apenas a meados de setembro.
2009-2010, anual, inicialmente de 16h e completo a partir de janeiro;
2008-2009, anual, inicialmente de 20h, completo a partir de janeiro;
...

Anónimo disse...

Grupo 110 e 240

Há 10 anos clonclui o curso e desde aí fiquei sempre colocada anual e completo...pela primeira vez fiquei desempregada...espero que este ano para esquecer não me faça ir para 2ª prioridade...se isso acontecer a minha revolta com o MEC será ainda maior...

Anónimo disse...

anónimo 520

a trabalhar desde 2005/2006 com 3 horários anuais completos e os restantes anuais incompletos ou substituições de 22h.
Serei carta fora do baralho se forem 4 contratos anuais completos; se forem (ou fossem)365*4 já poderia estar no baralho.

Mas mais grave são os agora 2 intervalos de horários.

Grave é tudo, grave e lamentável

Anónimo disse...

6 anos de serviço
apenas 1 com horário completo.
Paula - grupo 420

Anónimo disse...

Raquel - grupo 540 e 550
5 anos de serviço: os últimos 4 em horários anuais e completos.
Este ano já não será assim :(

Cátia Pereira disse...

Cátia - grupo 510 e 910

± 5 anos de serviço e só 1 completo e anual, os restantes incompletos ou não anuais.

é tão absurda a proposta que nem sei como comentar sem recorrer a adjetivos não apropriados.

Obrigada aos colegas pela iniciativa.. vou partilhar com mais alguns!

Anónimo disse...

Grupo 510
2002/03 - 22h completo em final de Setembro (21h mini-concursos)
2003/04 - 22h completo 1ª semana de Setembro
2004/05 - 22h completo em 20 de Setembro
2005/06 - 22h completo 1ª semana de Setembro
2006/07 - 12h incompleto até ao final do ano letivo
2007/08 - 22h
2008/09 - 22h
2009/10 - 22h
2010/11 - 22h
Tendo em conta a proposta do MEC, fico na 1ª prioridade, mas já corri todos os distritos do norte do país.
Esta proposta é profundamente injustiça, coloca os professores profissionalizados ao mesmo nível dos professores com habilitação para a docência em certo (Engenheiros, etc...)
Para que nos serviu tirar uma licenciatura em ensino?
Depois de tantos anos a servir o ensino publico, vamos nos ver ser ultrapassados por professores do ensino particular que ficaram perto de casa com a ajuda de cunhas...

Anónimo disse...

17 anos de serviço e 5 horários completos nos últimos 6 anos.

Sandra

Anónimo disse...

a trabalhar desde 2001 sempre colocado grupo 510, nos últimos 6 anos 2 horários completos....bela justiça a do ME

Anónimo disse...

Grupo 230
9 anos de serviço. Nos últimos seis anos só três em horário completo anual.

Zé Alberto disse...

Cerca de 12 anos de tempo de serviço.

Nos últimos 6 anos não tenho 4 anos de serviço completos. No entanto, neste momento, encontro-me relativamente bem posicionado (abaixo do número 500, em cerca de 3000).

Grupo 500.
Com esta #$%#$%#$& de proposta, fico arruinado.

Elisabete disse...

2002/2003 - estágio
2003/2004 - 18h (1ºP) 22h(2ºe3ºP)
2004/2005 - 22h a 25 de Outubro anual
2005/2006 - 14h anual
2006/2007 - 22h (até Fev.)dp Angola
2007/2008 - Angola
2008/2009 - 22h anual
2009/2010 - 22h anual
2010/2011 - 22h anual
2011/2012 - 22h (a 31 de Janeiro)

Anónimo disse...

Grupo 4oo, com 10 anos de serviço e nos 6 apenas 3 com horário completo e anual. Estou em pânico, com o que se avizinha.

Sofia disse...

Grupo 410/910

Com o presente ano lectivo tenho 2 anos com horário completo e anual... Poderei ter um terceiro ano, mas tenho dúvidas. No ano lectivo 2009/2010 fui colocada a 10 de Setembro até 31 de Agosto, com 22h - conta como horário anual e completo? Pela legislação em vigor seria considerado, não?

De qualquer forma, se isto não for travado, perco a 1º prioridade. Acho injusto, muito injusto... Principalmente porque todos sabemos como funcionam as colocações no privado... É nestas alturas, pelo menos nestas alturas, que era bom e bonito sermos uma classe unida...

dedinho disse...

2010/11- anual e completo (=365dias)
2009/10 - anual e completo (=365 dias)
2008/09 - anual e completo (=365 dias)
2007/2008 - 1 completo (temp.) + 1 completo (temp.), mas com o total de 365 dias, porque não houve interrupção de um único dia!
E agora??? Há 17 anos a contrato e agora ainda teria que saltar para a 2ª prioridade? Maravilha...

dedinho disse...

Esqueci-me de dizer:
Grupos 300 e 910

Em relação aos anos que antecedem os últimos 4, achei pouco relevante para o caso, mas aqui fica, uma vez que pretendem um quadro de 6 anos:

2006/07 - 21h, anual (não perfazem os 365 dias)
2005/06 - 12h tornadas 22 antes do início do letivo (=365 dias)

Anónimo disse...

Grupo 500
Nos últimos seis anos, seis anos de serviço e nenhum deles anual e completo!
sempre em horário anual incompleto ou temporários!
É de lamentar esta proposta!

Anónimo disse...

sou do grupo 110 trabalho desde 2002, sempre estive colocada e neste momento estou colocada apenas com 9 horas e em AEC's imaginem. Neste dez anos só tive uma colocação anual. Horário completo sempre tive, mas estive sempre em vagas temporarias, que na maior parte se transformaram em anuais, pois fiquei até ao final do ano. Mas não deverá contar pra este governo nada disso. Meu Deus, onde iremos parar.
Sou a Sónia

Anónimo disse...

sou do grupo 110 trabalho desde 2002, sempre estive colocada e neste momento estou colocada apenas com 9 horas e em AEC's imaginem. Neste dez anos só tive uma colocação anual. Horário completo sempre tive, mas estive sempre em vagas temporarias, que na maior parte se transformaram em anuais, pois fiquei até ao final do ano. Mas não deverá contar pra este governo nada disso. Meu Deus, onde iremos parar.
Sou a Sónia

Anónimo disse...

Desde 2001 que dou aulas, grupo 210 e 110 mas só em 4 dos 10 anos consegui ter horário completo e anual...sinto-me injustiçada com esta medida que querem implementar...

Nos últimos 6 só tenho 2 anos completos com horário anual...

Anónimo disse...

Desde 2001 que dou aulas, grupo 210 e 110 mas só em 4 dos 10 anos consegui ter horário completo e anual...sinto-me injustiçada com esta medida que querem implementar...

Nos últimos 6 só tenho 2 anos completos com horário anual...

Ângela Ramos

Pedro Reis disse...

Caros colegas,

O que acham que se considera "horário completo e anual"?
Digo isto pois o período de 6 anos engloba o período das antigas cíclicas. Sendo assim, é necessário ser colocado a 31 de Agosto para o horáio ser considerado anual? Ou pode ser em qualquer altura desde que o horário dure até 31 de Agosto?
Digo isto, pois, na altuta das colocações cíclicas e do contrato administrativo de provimento, podiamos ser colocados num horário completo, temporário mas que durava até 31 de Agosto. Caso a colocação ocorresse até 31 de Dezembro, poderia obter-se os 365 dias para efeitos de concurso...

Qual a Vossa intrepertação?

Anónimo disse...

lecciono desde 1993
grupo 430
nos últimos seis anos letivos 5 completos e anuais

Anónimo disse...

9 anos de serviço e nos ultimos 6 só 3 completos e anuais...

Mónica disse...

Grupo 110 - em 6 anos consigo os 4 anos de serviço, mas não completos e anuais.

Anónimo disse...

Grupo 230.
Nos últimos 6 anos tive 3 completos anuais e de resto sempre um minimo de 20h por ano...

Anónimo disse...

Estou no 8º ano de serviço, mas nos últimos seis só tenho três em horário anual completo. Só me resta rezar para isto não entrar em vigor já este ano, senão , como disse já uma colega: Morri na praia!

Anónimo disse...

Grupo 110
Ano de profissionalização 2004
Há 8 anos que ando norte e sul, todos os anos lectivos leccionei, calhando sempre em horário completo mas temporário.
Tenho 4 anos completos de serviço. Caso a proposta vá em frente, passarei a 2ª prioridade. É o mesmo que dizer para os contratados do público encostarem e abandonarem a profissão.

TF disse...

Terminei o curso em 2003.
Desde aí tenho sempre trabalhado, mas com esta proposta passarei para 2ª prioridade.
Nos primeiros 4 anos de trabalho, trabalhei com horário completo anual; a partir daí tem vindo sempre a piorar!
Nos últimos 6 anos, tenho 2 completos anuais!

Anónimo disse...

Terminei o curso em 1999. Grupo 420
Nos últimos 6 anos, tenho 2 completos anuais, embora nos restantes 4 tenha 365 dias!

Anónimo disse...

Marta Vieira

110 e 910

se considerarem horário completo e anual, qd fiquei colocada na 1 ciclica entao será:

02/03 - 2 substituições

03/04 - completo e anual - deslocada por gravidez de risco

04/05 - completo e anual

05/06 - completo e anual

06/07 - 2 substituições

07/08 - 2 substituições

08/09 - completo e anual

09/10 - completo e anual - mas denunciei o contrato e fiquei em OE

10/11 - completo e anual

11/12 - completo e anual

12/13 - ???

Ana Guedes disse...

Grupo 400.
17 anos de serviço.
Nos últimos 6 anos apenas 1 completo anual!Embora nalguns anos tenha os 365 por acumulação de escolas!
Vergonhade MEC, vergonha de país!

Anónimo disse...

2005/2006 AEC's (18h/semana)
2006/2007 14h temp. + 8h temp.
2007/2008 Açores (completo anual)
2008/2009 Açores (completo anual)
2009/2010 Açores (completo anual)
2010/2012 Açores (completo anual)
2011/2012 Açores (completo anual)

Mas, de repente, os Açores deixaram (em definitivo) de fazer parte de Portugal!!! Pelo menos para o MEC! Ah! Para os docentes de quadro ainda faz! Os contratados... não interessam a ninguém são "residuais" como as vagas! LOL

teacherantonio disse...

Nos últimos seis anos tenho tido a sorte de ter horários completos , mas não são anuais....
Consegui completar horário pesquisando e aceitando ofertas de escola e acumulando em duas escolas, logo...
Nos últimos seis não tive horário completo em todos os anos que trabalhei.
em acumulação, horário completo nos dois últimos anos;
um ano sem horário completo e nos outros dois horário completo mas apenas a partir de Outubro , Novembro..

Parece-me uma bela medida para colocar professores que estiveram no serviço particular....

Maria Sá disse...

Grupo 320/330, nos últimos 6 anos tenho 4 anos e ... Alguns horários foram anuais mas nunca em horário completo. 4 anos em 6 com muito "suor" e trabalho até à medula e gasóleo gasto à minha conta, para estar nesta angústia. Nem quero acreditar!!

Anónimo disse...

Grupo 110
Eu nos últimos 6 anos tenho 3 anuais e 3 nos desemprego:(

Anónimo disse...

Grupo 330:
2005/06 : 16 horas e um mês com 22 horas
2006/07 : 16 horas
2007/08 : 17 horas até Janeiro, desemprego entre Janeiro e Maio coincidente com licença de maternidade e 22h de Maio a Junho (!)
2008/09 : 16 horas
2009/10 : 21 horas (!)
2010/11 : 21 horas (!)

Maria João - Setúbal disse...

Boa noite:

Quase 10 anos de serviço, contudo se esta proposta for adiante, não irei conseguir manter a 1ª prioridade. Nem eu, nem a maioria dos meus colegas.
Alguém me sabe explicar qual a intenção desta aberração?
Será que não temos Sindicatos de jeito que nos defendam???

Anónimo disse...

Em 9 anos de serviço sempre levei as turmas do princípio ao fim do ano lectivo, pois quando não era colocada a 1/09 era a meados de setembro, princípios de outubro. Conclusão, nestes últimos 6 anos tenho mais de 4 anos completos de serviço, embora não tenha sido sempre colocada a 1/09.
O meu percurso profissional já inclui 8 anos de serviço completos, para além de que, nos anos em que pedi avaliação de desempenho obtive Excelente e Muito Bom, com cota, pois sempre dei tudo pela Escola pública e pelos alunos. Deste modo, acho que é uma profunda injustiça passar para a 2ª prioridade. Oxalá apelem ao bom senso, caso contrário temos que lutar para que isso não venha a acontecer.