Autor

22 de fevereiro de 2012

Professores precários trabalham e não recebem.

"HÁ 35 professores com salários em atraso no concelho de Alcobaça. Os docentes foram contratados em Setembro para dar aulas de Inglês no âmbito das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC), mas alguns nunca chegaram a receber qualquer pagamento." Fonte: SOL

Sem comentários: