Autor

13 de março de 2012

E depois os corporativistas somos nós (professores)?

O Paulo Guinote divulgou aqui e aqui duas passagens televisivas de hoje que merecem ser vistas por todos aqueles que sabem pensar pela sua própria cabeça. 
Aqui fica o contributo para que se entenda a dimensão do falso moralismo que reina neste país...

2 comentários:

Feliz disse...

"Havia esperança"...eu já não a tinha :(

Mais uma vergonha!!!

Feliz disse...

Falou de mais...foi-se! E não, não há censura!!!