Autor

6 de março de 2012

Ministério da Educação e FNE chegam a acordo sobre diploma dos concursos


"O Ministério da Educação e a Federação Nacional de Educação (FNE) chegaram, na madrugada desta terça-feira, a acordo sobre o novo decreto-lei que regula os concursos para selecção e recrutamento de professores.
Segundo João Casanova de Almeida, secretário de estado do Ensino e da Administração Escolar, que liderou as negociações, o “acordo cria um único diploma que concentra todas as matérias relativas aos concursos de selecção e recrutamento de professores”.
Por sua vez, o dirigente da FNE, João Dias da Silva, elogiou o novo regime. “Acreditamos que com o novo regulamento é maior a equidade e transparência no concurso de selecção de pessoal docente”, declarou à saída da reunião com o secretário de Estado, que se prolongou pela madrugada.
A outra organização sindical de professores, a Fenprof, não se comprometeu com o documento. “Não há acordo nem desacordo. O ministério enviou-nos na sexta-feira o diploma e queria hoje uma resposta, mas nós não funcionamos assim”, explicou o responsável Mário Nogueira. “Vamos consultar os órgãos do sindicato e depois dar uma resposta, sendo que nos aspectos essenciais não houve grandes aproximações”, declarou.
Além de ter levado as negociações a bom porto com a FNE, o ministério chegou também a acordo com outros cinco sindicatos de dimensão mais reduzida."
Fonte: CM 

Sem comentários: