Autor

7 de março de 2012

Quem emitiu o parecer não deveria conhecer melhor a realidade das nossas escolas?

Foi hoje publicado em Diário da República o Parecer do Conselho Nacional de Educação sobre Proposta de Revisão da Estrutura Curricular para o Ensino Básico e Secundário.
Fiz uma leitura muito rápida sobre as considerações relativas às Ciências Experimentais e eis quando reparo que:


Assim, convém informar que o referido para a disciplina de Físico-Química, em muitas escolas não é assim, ficando os 45 minutos para as Ciências Naturais. Outras há que alternam anualmente.

Ora, se por um lado se defende à boca cheia a autonomia das escolas, por outro, seria coerente que, quando se emite um parecer, a mesma não fosse ignorada, e dessa forma se evitem generalizações que só demonstram desconhecimento da realidade das nossas escolas.

Será que estou a pedir muito?

1 comentário:

Anónimo disse...

Ainda para mais, de acordo com o que se viu da proposta de revisão curricular, em grande parte dos casos os alunos terão MENOS tempo em turnos para poderem desenvolver actividades experimentais...