Autor

28 de junho de 2012

Problema técnico!?


Ministério transformou professores do quadro em contratados nas estatísticas de 2010/2011


"A Direcção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) enganou-se nos dados sobre o ano lectivo 2010/2011 que disponibilizou na passada segunda-feira.
Os dados relativos ao continente e ilhas apontavam para a saída, só em três anos, de 23 mil professores do quadro e para o acréscimo, no mesmo período de cerca de 20 mil professores contratados, conforme o PÚBLICO então noiticiou. Mas no site da DGEEC foi disponibilizada hoje uma errata que altera substancialmente esta informação.
Diz-se aí que, “devido a um problema técnico de recodificação de variáveis, algumas categorias de professores do quadro foram incorrectamente classificadas como professores contratados”. No concreto, acrescenta-se, o erro diz respeito a “todas as categorias relativas aos novos quadros de agrupamento”.
Os novos dados relativos ao continente e ilhas dão conta de que entre o ano lectivo de 2008/09 e 2010/11 saíram do quadro 7629 professores e não os 23 mil contabilizados na primeira publicação. Assim, em 2011, o número de professores de quadro era de 112.507. Por outro lado, o número de contratados no ano passado era de 38.401. Na publicação anterior eram contabilizados mais de 50 mil. Assim, no ano passado por comparação a 2009, havia mais cerca de quatro mil docentes a contrato nas escolas." 

Sem comentários: