Autor

29 de julho de 2012

O que decidimos não fazer

Não formar uma Plataforma de Blogues.
Não pedir uma audiência ao MEC. 
Não promover vigílias e manifestações. 
Não formar um sindicato. 
Não criar uma Ordem dos Professores. 
Mas... Não vamos ficar inactivos.

3 comentários:

Daniel Damaia disse...

Combinadamente postado às 13.00... :-|

Anónimo disse...

O que decidimos não fazer:
... não criar uma Ordem de professores.
Então, decidiram criar? :)

Joseph Coast

Pedro disse...

Espero que a união de esforços não enfraqueça o excelente nível de concretizações que cada um de vós, individualmente, tem levado a cabo em cada um dos vossos blogues.
As intenções podem ser as melhores e acredito na vossa capacidade, mas continuem com os pés bem assentes na terra. Os "Nogueiras" deste país não devem ter gostado das vossas ideias...
Lembrem-se que, para muitos professores, o vosso esforço, gratuito e sem pretensões monetárias, tem sido bem aceite e devidamente valorizado e elogiado. Faço votos para que continuem a ter a capacidade de se fazerem ouvir, sobretudo o Paulo Guinote, e que continuem a fazer um melhor serviço que o dos sindicatos. Parabéns e boa sorte.