Autor

26 de outubro de 2012

O preçário de colégios privados do TOP do ranking, o custo médio por aluno nos colégios com contrato de associação, e...

Colégio dos Plátanos - Sintra 
(4º no ranking 6ºano; 3º no ranking do 9ºano)
http://www.colegiodosplatanos.com/index.php?id1=2&id2=11
Anuidade: 250x11?= 2750€

Colégio Dom Diogo de Sousa - Braga 
(12º no ranking 6ºano; 9º no ranking do 9ºano; 16º no ranking do secundário)
http://ddiogo.no.sapo.pt/DDiogo/Precario.html
Anuidade: de 1930€ a 2560€

Colégio das Terras de Santa Maria - Santa Maria da Feira
(27º no ranking 6ºano; 4º no ranking do 9ºano; 7º no ranking do secundário)
http://www.escolaglobal.org/portal/images/info/tabela_de_precos_escolaglobal_12_13.pdf
Anuidade: de 2350€ a 2400€


Colégio S. João de Brito - Lisboa*
(32º no ranking 6ºano; 23º no ranking do 9ºano; 4º no ranking do secundário)
http://www.csjb.pt/Colegio/AdmissaoAlunos/Paginas/Mensalidades.aspx

Anuidade: de 290+(433x10)= 4620€ a 290+(497x10)= 5260€


Colégio Moderno - Lisboa
(45º no ranking 6ºano; 17º no ranking do 9ºano; 6º no ranking do secundário)
http://www.colegiomoderno.pt/index.php?option=com_content&task=blogcategory&id=7&Itemid=11
Anuidade: de 260+(395x10)= 4210€ a 260+(440x10)= 4660€



Quando os cálculos efectuados pelo TC demonstram que "O custo médio por aluno nas escolas públicas estava, em 2009/2010, nos 4415 euros. Nos colégios com contratos de associação situava-se nos 4522 euros." e quando se comparam estes valores com as anuidades pagas em alguns colégios particulares "puros" situados nos lugares cimeiros do ranking de escolas podemos pensar que os Pais são melhores gestores que o estado quando optam por pagar a escola dos filhos.

*Com contrato de associação para o Ensino Recorrente e para a Educação e Formação de Adultos.

5 comentários:

Anónimo disse...

Parece óbvio a toda a gente que a mensalidade não equivale ao custo médio por aluno.
As contas são um pouco mais complexas.

Anónimo disse...

Parece óbvio a toda a gente que quem esteja habituado a receber subsídios do estado ache complexo que o ensino particular "puro" seja gerido só com o dinheiro proveniente das propinas pagas pelos pais dos alunos.
Aí com certeza que as contas são muito mais complexas de gerir.

BLUESMILE disse...

Quais são as outras fontes de financiamento além das propinas?

Anónimo disse...

São várias as outras fontes de financiamento possíveis... Mas de tratamento complexo e ligado a formas de economia paralela... Que não são para ser abordadas neste contexto, até porque em Portugal não há corrupção, como diz uma distinta procuradora.

Anónimo disse...

Já repararam que NENHUM destes colégios coloca a relação do corpo docente e respectivas habilitações nos seus sites?

Não há coincidências...