Autor

11 de novembro de 2012

Isto assim nunca se há-de endireitar, nem "esquerdinar", só interessar...

Não deixará de ser caricato ver uns a defender os contratos de associação servindo-se das despesas megalómanas da parque escolar de outros, para atingir o desejado custo por aluno/turma no ensino público.

Sem comentários: