Autor

domingo, 25 de Março de 2012

Regresso ao passado!?

Reunião de segunda-feira mudou de sede - Ministro da Educação estreia-se em negociações na "5 de Outubro"

"O Ministério da Educação e Ciência informou hoje a FENPROF que a reunião de negociação suplementar sobre a revisão do regime de concursos, convocada para segunda-feira, dia 26 de março, pelas 15 horas, afinal vai realizar-se nas instalações da “5 de Outubro” e não das Laranjeiras como foi inicialmente previsto.
Recorda-se que o n.º 4 do artigo 9.º, da Lei n.º 23/98, de 26 de maio, estabelece que “Na negociação suplementar a parte governamental será constituída por membro ou membros do Governo, sendo obrigatoriamente presidida pelo que for responsável pela Administração Pública e, no caso das negociações sectoriais, pelo que for responsável pelo sector”. Assim, Nuno Crato, membro do governo responsável pelo setor da Educação e Ciência irá estrear-se em reuniões nas instalações mais emblemáticas do ministério que dirige.
A FENPROF reafirma que parte para esta negociação com elevadas expetativas. Na reunião apresentará propostas concretas que visam melhorar o texto a que, até este ponto da negociação, foi possível chegar. Por omissão, por opção ou por incorreta redação tal texto está longe de corresponder aos anseios e reivindicações de quantos defendem a estabilidade dos docentes no exercício das suas funções, assim como a estabilidade das escolas, designadamente do seu corpo docente. A procura de aproximações e/ou convergência nas soluções a adotar será o grande desafio que a FENPROF irá colocar ao MEC nesta ronda negocial.
A importância desta negociação justifica uma particular atenção por parte dos/das Senhores/as Jornalistas, a quem a FENPROF convida para acompanharem a negociação suplementar que tem lugar segunda-feira.
O Secretariado Nacional"