Autor

15 de outubro de 2013

Mais cortes para o ensino público, mais aumentos para o ensino particular e cooperativo

"OE prevê menos 500 milhões para o ensino básico e secundário
As transferências para os estabelecimentos de ensino particular e cooperativo sofrem um aumento


A fatia do Orçamento de Estado (OE) de 2014 destinada ao ensino básico e secundário vai ser inferior em quase 8% em comparação com o que aconteceu este ano. A despesa estimada baixa da fasquia dos 6 mil milhões de euros, com o governo a destinar menos dinheiro à escola pública. Em sentido contrário, as transferências para os estabelecimentos de ensino particular e cooperativo sofrem um aumento, bem como o investimento da Parque Escolar."



Sem comentários: