Autor

3 de novembro de 2014

90 dias úteis! Quatro meses! Tão espertos que eles são!

E enquanto os prejudicados esperam quietinhos, os prazos para reclamação, recurso e tribunal passam...


Sem comentários: