Autor

28 de agosto de 2016

Mobilidade por doença, listas e atrasos.

Foi pública a intenção do governo em  "(...) antecipar formação de turmas para colocar professores mais cedo", falta saber o porquê desta intenção ter saído completamente defraudada.

O atraso na saída das autorizações da Mobilidade por doença (que o ano passado saíram muito antes de Agosto) é notório. A este atraso não é alheia a inusitada situação do governo ter tentado mexer no diploma que regulamenta a Mobilidade por doença, para depois ter ficado praticamente tudo na mesma. 

Falta também saber até que ponto o atraso na Mobilidade por doença, motivado por um acto legislativo falhado, não está associado ao facto de ainda não terem sido publicadas as listas de colocação dos concursos deste ano.

"Publicidade" enganosa



Governo falha intenção de colocar professores mais cedo

O ano passado as listas saíram neste dia, 28 de Agosto. 

Pois bem, já aqui havia referido que se as listas não saíssem na já quase tradicional última sexta-feira de Agosto alguém ia ficar mal na fotografia. E ficou. Nem mesmo com a eliminação da estapafúrdia BCE o governo consegue a sua intenção de colocar professores mais cedo. 


Com a não saída das listas na sexta-feira perdeu-se um fim-de-semana que muito jeito daria para os professores desterrados organizarem a sua nova velha vida.

Para quem tem memória curta o Google é uma boa terapia e quem não tem com certeza que, tal como eu, se lembra disto: