Autor

29 de setembro de 2017

Pelo Redondo - Alegada ilegalidade na Contratação de Escola

Mais uma vez um professor do quadro (com o número de ordem 82 da Lista definitiva de colocação  do Grupo 910 do Concurso de Integração Extraordinário - Ano Escolar de 2017/2018) é opositor ao Concurso de Contratação de Escola e é seleccionado (Lista de Ordenação - Candidata seleccionada).

Pensava que isto e isto já tinha ficado esclarecido e não voltaria a acontecer.

Esta situação leva a que o docente QZP em causa celebre com o ME dois contratos distintos, um Contrato por Tempo Indeterminado e outro Contrato a Termo Resolutivo Certo.

Relembro que "um docente de carreira não pode ser opositor à Contratação de Escola".

Não entendo como a DGAE deixa protelar estas situações.

Sem comentários: